Inicial Expediente Lançamentos Edição Atual Colunistas Classificados Edições Anteriores
  Buscar no Site
 
 
      






 Edição: 94 - Ano 07
Notícias do Mercado
Casa Cor Paraná
Imóveis em terrenos estreitos
Mostra Mueller
 Anunciantes
  Bimys
  Casa na Praia
  DACOM
  Global Trace
  Grameira Ajagramas
  Graniti
  Habit Adm. Condomínios
  Imobiliária Razão
  Kapachos Kapazi
  Lembranças do Paraná
  Leroy Merlin
  Mãos Sem Fronteiras do Brasil
  Moda para Janelas
  Montare
  Ossário
  Rede Solidária
  Sapataria Farias
  Studio de Arquitetura
  Teck & Flex
  TeleSete
  Viver Sports
 
 :: Palpites de Arquiteto
PISOS ANTIDERRAPANTES - Jornal Construção & Cia
  PISOS ANTIDERRAPANTES
   
 
Áreas externas exigem pisos antiderrapantes para que se evitem acidentes com pessoas de todas as idades. O mercado nos oferece muitas opções e nem sempre é fácil conciliar as características técnicas, estéticas, funcionais e orçamentárias. As pedras naturais, dependendo da forma como são cortadas e tratadas, continuam sendo uma boa opção de pisos antiderrapantes como o granito flameado, arenitos, mármores serrados sem polimento, basalto e quartzitos. Esses materiais imprimem um aspecto rústico que pode ser muito bem explorado no paisagismo. Para áreas que exijam pisos antiderrapantes não porosos (caso de cozinhas, lavatórios, indústrias) encontramos porcelanatos e cerâmicas com características específicas para cada caso. Rampas, bordas de piscina e acabamentos de escadas necessitam materiais especiais com características antiderrapantes. Existe uma linha industrializada de artefatos cimentícios, com estas características que imitam materiais naturais e conseguem um efeito estético muito bom, incluindo as lajotas atérmicas (que não esquentam com o sol), que são ótima opção para o entorno das piscinas. Ao especificar o piso certo podemos evitar deslizes, acidentes e suas conseqüências, com muita beleza e segurança.


Rosa Dalledone
Arquiteta
ARQUITETURA (41) 3244-5660